Sexta, 06 de Agosto de 2021 00:25
85 987987408
Esportes Copa América

Brasil estreia neste domingo(13), na Copa América após crise na CBF

O Brasil enfrenta a Venezuela, que sofre com um surto de Covid-19 no elenco, às 18h, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. O SBT e a ESPN Brasil transmitem o jogo.

13/06/2021 10h11 Atualizada há 2 meses
Por: Imprensa Livre do Ceará Fonte: Folha de São Paulo
Brasil estreia neste domingo (13), contra a seleção da Venezuela
Brasil estreia neste domingo (13), contra a seleção da Venezuela

Atual campeã da competição, a seleção brasileira inicia neste domingo (13) sua caminhada na Copa América de 2021.

O Brasil enfrenta a Venezuela, que sofre com um surto de Covid-19 no elenco, às 18h, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. O SBT e a ESPN Brasil transmitem o jogo.

Adiado de 2020 para este ano em razão da pandemia da Covid-19, o torneio inicialmente tinha como sedes a Colômbia e a Argentina. Os conflitos sociais em território colombiano, porém, deixaram os argentinos sozinhos na organização. Diante da situação do coronavírus no país, o governo argentino também desistiu de sediar a Copa América.

Com apoio do governo federal, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) assumiu a competição a cerca de duas semanas de seu início.

A decisão abrupta tomada pela confederação deixou jogadores, comissão técnica e dirigentes ligados à parte gerencial da seleção insatisfeitos. Os atletas externaram o descontentamento com a condução do processo, sem que eles ou os outros integrantes fossem consultados.

 

O maior foco de irritação do grupo era com o presidente da entidade, Rogério Caboclo.

Antes das duas últimas rodadas das Eliminatórias, contra Equador e Paraguai, tanto Tite quanto Casemiro (um dos capitães nessa data Fifa) afirmaram publicamente que a equipe tinha uma posição clara com relação à Copa América, mas ela só seria mencionada após o jogo com o Paraguai.

Em meio à queda de braço entre seleção e Caboclo, o presidente foi afastado de seu cargo pelo Comitê de Ética da CBF após uma denúncia de assédio sexual e moral feita por uma secretária da confederação. O mandatário, afastado por 30 dias, agora estuda junto a advogados criminalistas a sua defesa para o caso.

A saída momentânea de Caboclo tranquilizou os atletas, que chegaram a discutir a possibilidade de boicote à Copa América. A falta de adesão de outras seleções diminuiu a força da iniciativa.

Com o presidente afastado, o grupo também resolveu baixar o tom do posicionamento que havia prometido para depois da partida com o Paraguai, pelas Eliminatórias.

Em nota publicada nas redes sociais, os jogadores da seleção brasileira afirmaram ser contra a Copa América, mas também que disputariam a competição. O comunicado também procurou despolitizar a questão.

Na semana que antecedeu o duelo com os paraguaios, Tite foi criticado pelo vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) e pelo senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro.

“Temos uma missão a cumprir com a histórica camisa verde amarela pentacampeã do mundo. Somos contra a organização da Copa América, mas nunca diremos não à Seleção Brasileira”, escreveram os jogadores em nota.

Na véspera da estreia, Tite voltou ao tema em entrevista coletiva e destacou que o grupo pediu à CBF que o país não recebesse o torneio antes mesmo dessa definição. "Antes de levar ao presidente da República, ao país, colocamos essa situação que não gostaríamos, pelo respeito, por tudo o que estava envolvendo, por um lado sentimental. Ficamos à mercê, pediram tempo para nós, aí a situação ficou definida e ficamos expostos. Esse é o real, o que acompanhei em relação a essa situação toda."

"Quando um campeonato é feito de forma atabalhoada, rápida, excessivamente como a Conmebol fez, ela está sujeita a isso", completou.

Apesar da insatisfação com a organização realizada às pressas, há um ponto positivo para Tite na disputa do torneio sul-americano a um ano e meio do Mundial do Qatar, em 2022.

 

Em razão da pandemia, o futebol de seleções ficou paralisado por praticamente sete meses, e só retornou nas últimas semanas. Como os técnicos têm pouco tempo para trabalhar nas datas Fifa, a Copa América servirá para que Tite reúna o elenco e trabalhe aspectos táticos com os jogadores por um mês.

Líder das Eliminatórias com seis vitórias em seis jogos, o Brasil só terá uma mudança no torneio em relação à lista de jogadores convocados para os últimos dois jogos: o zagueiro Rodrigo Caio, chamado por conta da lesão de Thiago Silva, foi cortado da convocação para a Copa América.

Em 2019, quando conquistou o título, o capitão da seleção era Daniel Alves, à época jogador do Paris Saint-Germain (FRA). O lateral voltou a ser chamado para a equipe nacional, mas uma lesão atuando pelo São Paulo o tirou da lista de atletas que enfrentaram Equador e Paraguai.

Quem não participou do título há dois anos foi o atacante Neymar, cortado da competição após romper o ligamento do tornozelo direito em amistoso preparatório contra o Qatar.

O único título do camisa 10 com a seleção principal foi a Copa das Confederações, em 2013. Com as seleções de base, o jogador conquistou o Sul-Americano sub-20 em 2011 e o ouro olímpico em 2016.

 

COPA AMÉRICA TEM 4 SEDES E 2 GRUPOS COM 5 SELEÇÕES

Convidadas para disputar a Copa América, Austrália e Qatar desistiram de participar da competição após o adiamento do evento por conta da pandemia da Covid-19. Dessa forma, apenas as dez seleções sul-americanas farão parte da disputa.

As equipes foram divididas em dois grupos de cinco. Apenas o lanterna não se classificará às quartas de final do torneio.

Quatro cidades servirão de sede para a Copa América: Rio de Janeiro, com os estádios Nilton Santos (Engenhão) e Maracanã; Brasília, com o Mané Garrincha; Goiânia, com o Olímpico; e Cuiabá, com a Arena Pantanal.

O Maracanã sediará a decisão do torneio, assim como há dois anos, quando recebeu o confronto entre Brasil e Peru, que terminou com vitória brasileira por 3 a 1.

Ao contrário de 2019, porém, os estádios brasileiros não poderão receber público nesta edição da competição em razão da situação da pandemia do coronavírus no país.

A final está prevista para o dia 10 de julho.

Os jogos da primeira rodada da Copa América

Domingo (13)
18h - Brasil x Venezuela, Mané Garrincha
21h - Colômbia x Equador, Arena Pantanal

Segunda (14)
18h - Argentina x Chile, Engenhão
21h - Paraguai x Bolívia, Olímpic

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Fortim - CE
Atualizado às 00h17 - Fonte: Climatempo
28°
Poucas nuvens

Mín. 22° Máx. 36°

31° Sensação
37.1 km/h Vento
70.6% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (07/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 35°

Sol com algumas nuvens
Domingo (08/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 36°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias