Domingo, 17 de Outubro de 2021
28°

Alguma nebulosidade

Caucaia - CE

Política Michel Temer

Para diminuir o Estado brasileiro, é preciso privatizar, diz Temer

Declaração do ex-presidente da República foi proferida durante o 8º Fórum Liberdade e Democracia

17/09/2021 às 17h19
Por: Imprensa Livre do Ceará Fonte: Revista Oeste
Compartilhe:
Para diminuir o Estado brasileiro, é preciso privatizar, diz Temer

O ex-presidente Michel Temer disse nesta sexta-feira, 17, durante o 8º Fórum Liberdade e Democracia, que as medidas para a diminuição do Estado brasileiro passam pelo enxugamento da máquina pública. “A Reforma Administrativa deveria ser aplicada desde agora, mas sabemos da força que as corporações têm junto ao Congresso Nacional”, observou. “Por isso, uma proposta de reforma imediata teria extrema dificuldade em ser aprovada.”

De acordo com o ex-chefe do Executivo federal, é imprescindível conceder à iniciativa privada a oportunidade de oferecer serviços à população. “Antigamente, só havia a administração direta; depois, percebeu-se a necessidade de agilizar a prestação de serviços — e nasceram as autarquias”, lembrou. “Pouco a pouco, fomos avançando, fazendo concessões e privatizações em setores da economia brasileira.”

A oitava edição do Fórum Liberdade e Democracia é organizada pelo Instituto de Formação de Líderes de São Paulo (IFL-SP).

8º Fórum Liberdade e Democracia

O evento traz como tema central “O Novo Líder”. Os palestrantes abordarão as qualidades exigidas das lideranças políticas e empresariais neste século.

Durante o ciclo de palestras, discutir-se-ão assuntos relacionados à geopolítica, à liberdade de expressão, ao desenvolvimento tecnológico e à importância da inteligência emocional na gestão financeira.

Além do ex-presidente Michel Temer, participam do 8º Fórum Liberdade e Democracia o ex-presidente da Colômbia Álvaro Uribe, o filósofo Luiz Felipe Pondé, o professor Aswath Damodaran, o psicólogo norte-americano Daniel Goleman, o economista Fernando Ulrich e muitos outros.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias