Sexta, 04 de Dezembro de 2020 07:29
85 987987408
Brasil FIASCO

DEM reforça status de força política, PSL fica na “estaca zero” e PT naufraga com apenas 2 segundos turnos

Nordeste: PT só vai para o segundo turno em 1 das 9 estados

16/11/2020 09h41
Por: Nixon Nagaura - Registro Profissional - MTB-3449CE Fonte: Gazeta do Povo
Em Curitiba, o prefeito Rafael Greca foi reeleito: vitória do DEM na capital paranaense, em Salvador e em Florianópolis colocam o partido em alta. Legenda ainda pode garantir a segunda maior cidade do Brasil, com Eduardo Paes no Rio de Janeiro. Leia mais
Em Curitiba, o prefeito Rafael Greca foi reeleito: vitória do DEM na capital paranaense, em Salvador e em Florianópolis colocam o partido em alta. Legenda ainda pode garantir a segunda maior cidade do Brasil, com Eduardo Paes no Rio de Janeiro. Leia mais

Para começar esse resumo de notícias. O primeiro turno das Eleições 2020 foi marcado por problemas técnicos. Presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso admitiu que o site do TSE foi alvo de um ataque hacker, mas garante que os resultados não foram afetados. Além disso, as justificativas de ausência e consulta de local de votação pelo E-Título permaneceram instáveis. Confira detalhes e número de ocorrências de crimes eleitorais.

Apuração lenta. Às 17h as urnas foram fechadas na maior parte do Brasil, mas – diferente de outras eleições – houve lentidão na apuração nas principais cidades do país. Até às 21h, menos de 1% das urnas estavam apuradas em São Paulo e apenas 12% em Belo Horizonte e 30% no Rio de Janeiro. Fique por dentro dos problemas nas apurações.

Resultados das Eleições 2020: indícios para 2022?

Vencedores e perdedores. Partido dos presidentes da Câmara dos Deputados (Rodrigo Maia) e do Senado (Davi Alcolumbre), o DEM conseguiu vitórias em cidades estratégicas (veja abaixo) e pode garantir o Rio de Janeiro. Ex-partido do presidente Jair Bolsonaro, o PSL sequer foi para o segundo turno nas capitais. O PT não conseguiu eleger nenhum candidato em capital e foi para o segundo turno em Vitória (ES), com João Coser, e no Recife (PE), com Marilia Arraes. O PSDB elegeu três prefeitos: Alvaro Dias, em Natal (RN); Hildon Chaves, Porto Velho (RO); e Cinthia Ribeiro, em Palmas (TO), e segue na disputa em São Paulo.

Salvador: DEM “ressuscita” no cenário nacional

Na capital paranaense, Rafael Greca (DEM), que liderava com folga as pesquisas, foi reeleito com 60% dos votos; acompanhe a cobertura completa do Paraná. O partido Democrata também se sobressaiu na capital catarinense, com Gean (DEM), que teve 53,5% dos votos, e na capital da Bahia: Bruno Reis (DEM) foi eleito em Salvador com quase 65% dos votos. Vale lembrar: o presidente do DEM, ACM Neto, é da Bahia, e o partido articula com o PSDB e MDB uma união para a disputa presidencial em 2022.

São Paulo: Boulos debuta no 2º turno contra Covas

A cidade de São Paulo teve, pela primeira vez, um candidato do Psol (Guilherme Boulos) classificado para o segundo turno, reforçando a divisão tradicional no município de que, geralmente, leva um candidato da direita e um da esquerda para a definição do pleito. O primeiro colocado foi Bruno Covas (PSDB), o que já era indicado nas pesquisas e reforçado pela pesquisa de boca de urna do Ibope. Aproveite e saiba mais sobre as eleições em São Paulo.

 

Rio de Janeiro: Eduardo Paes, do DEM, disputa com Crivella apoiado pelo presidente

Na capital fluminense, as pesquisas de intenções de voto acertaram em “cravar” Eduardo Paes (DEM) no segundo turno, deixando a disputa pela segunda vaga entre três candidatos: Marcelo Crivella (Republicanos), Martha Rocha (PDT), Benedita da Silva (PT). Crivella levou a melhor, apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro – diferente do que aconteceu com o candidato do presidente em São Paulo, Celso Russomano, que chegou a liderar as pesquisas, mas despencou até a eleição, ficando apenas em quatro lugar.  

Porto Alegre, Belo Horizonte e Vitória

Na capital gaúcha, a ex-candidata à vice-presidente Manuela D’avila (PCdoB) ficou praticamente empatada com Sebastião Melo (MDB), respectivamente com 29,6% e 30,7% dos votos, ainda com destaque para o índice de votos do terceiro colocado, Nelson Marchezan (PSDB), com 20%, e que pode ser decisivo no segundo turno em uma declaração de apoio.

Em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, Alexandre Kalil (PSD) foi reeleito com ampla margem, superior a 63% dos votos, e com a promessa de que não fará governo “nem de direita nem de esquerda”. Já Vitória (ES) é uma das poucas capitais em que o PT vai para o segundo turno, com o candidato João Coser, que irá enfrentar Delegado Pazolini (Republicanos), vencedor do primeiro turno.

 

Nordeste: PT só vai para o segundo turno em 1 das 9 estados

Além de Salvador (citada acima),em Fortaleza, capital do Ceará (reduto dos pedetistas Ciro e Cid Gomes), vão para o segundo turno Sarto (PDT) e Capitão Wagner (Pros).

No Recife, a disputa entre os primeiros colocados foi “voto a voto”: João Campos (PSDB), Marilia Arraes (PT) e Mendonça Filho (DEM) se alternaram nas primeiras colocações. Ao final, Mendonça ficou de fora do segundo turno. O Recife, aliás, foi a única capital nordestina com um integrante do PT no 2º turno, apesar de ter sido a única região, em 2018, que elegeria Fernando Haddad (PT) na disputa com Jair Bolsonaro (então PSL). Em todas as demais capitais, o partido naufragou. 

Norte: partidos pequenos dão o tom

Nas maiores cidades da região, Manaus e Belém terão segundo turno. Por lá, partidos com menos força no cenário nacional se destacaram. Em Manaus, se classificaram Armando Mendes (Podemos) e David Antonio (Avante). Em Belém, Edmilson Rodrigues (Psol) e Delegado Eguchi (Patriota). No Tocantins, uma mulher foi reeleita: Cinthia Ribeiro (PSDB). Vale lembrar: as eleições em Macapá (AP) foram adiadas para dezembro devido ao apagão no estado. 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Fortaleza - CE
Atualizado às 07h24 - Fonte: Climatempo
28°
Muitas nuvens

Mín. 24° Máx. 31°

32° Sensação
26 km/h Vento
79% Umidade do ar
90% (4mm) Chance de chuva
Amanhã (05/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 31°

Sol e Chuva
Domingo (06/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 30°

Sol e Chuva
Ele1 - Criar site de notícias